sexta-feira, 31 de julho de 2009

O melhor futebol do Avaí

AVAÍ 4x0 Vitória

O meu palpite era de um jogo bastante disputado e com placar apertado. Não foi isso que aconteceu. O motivo? O Avaí jogou muito e não deu chances para o adversário.

Em entrevista após o jogo, o técnico adversário, Paulo César Carpegiani, admitiu: "posso reclamar da repetição na cobrança do primeiro pênalti, mas não podemos tirar o mérito do Avaí. Um time muito bem montado, que joga por todos os lado e defende muito bem." (tá, as palavras não foram essas, mas a mensagem que escutei foi mais ou menos essa!)

Depois dessa, o que mais podemos falar?

Bom, podemos é ressaltar ainda mais o time do Avaí. Realmente jogou muito e, pra variar, ainda perdeu uns 3 gols na cara do goleiro.

Gostei muito do futebol do Luis Ricardo. O cara estava querendo muito, fez várias jogadas e mereceu o gol. Muriqui, Marquinhos, Willian e Augusto também se destacaram. Eltinho ficou mais na marcação e, mesmo não aparecendo muito, também foi bem.

Na minha avaliação o juíz errou algumas vezes durante o jogo. Expulsou sem querer o primeiro jogador do Vitória e depois ficou claro que iria mandar um do Avaí mais cedo para o chuveiro também. Achei desnecessário o cartão amarelo dado para o Muriqui, quem chegou atrasado no lance foi o Apodi. E a expulsão de Léo Gago é outro lance que tenho dúvidas. Achei que ele não teve intenção de colocar a mão na bola.

No final goleamos, porém, perdemos para a próxima partida Ferdinando e Muriqui (terceiro amarelo) e Léo Gago (vermelho). Agora são dois dias para arrumar o time e ir pra cima do Corinthians!
_____________________________________
Foto: Flávio Neves Fotojornalista

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Muriqui 3a0 Avai

videoMuriqui 3a0 Avai

Caiu na rede... Luiz Ricardo aos 16min.

Caiu na rede... Luiz Ricardo aos 16min. Avai 2a0

Gol do Marquinhos aos 8min

videoGol do Marquinhos aos 8min

Avai em campo e torcida chegando

Avai em campo e torcida chegando. Vamos ao jogo

Pistas livres e média de público

Acredito que o jogo de logo mais terá um grande público. Mesmo sem a presença da torcida visitante, a Ressacada deve ser tomada pelos azuis para empurrar o Leão da Ilha para mais uma vitória. A previsão do tempo indica noite agradável, sem chuva e praticamente sem vento também. Perfeita para enchermos o estádio!

Para ajudar a torcida a chegar e sair da Ressacada, sempre é bom destacar os horários de pista livre. Aí estão:

Sentido Centro-Ressacada
18h40 às 19h00
19h20 às 19h40
20h00 às 20h20
20h40 às 21h00

Sentido Ressacada-Centro
23h20 às 23h50
00h05 às 00h30
00h40 às 01h00

Como de costume, segue também a tabela com os públicos pagante e total de cada jogo já realizado na Ressacada e as médias até aqui. Será que temos chance de aumentar essa média hoje? Acho que sim. Meu palpite para o público de hoje é de 11.500 torcedores.

quarta-feira, 29 de julho de 2009

O melhor jogo do Avaí na série A vem aí!

Nesta séria A já enfrentamos grandes adversários e fizemos bons jogos. De futebol apresentado, destaco o Avaí 0x0 São Paulo. Já de raça e determinação, Avai 1x0 Grêmio e Sport 1x3 Avaí.

Cada jogo teve suas peculiaridades, com os adversários atravessando momentos distintos e o Avaí sabendo aproveitar cada detalhe. Falando das últimas partidas, quando estabelecemos uma bela arrancada, vejo cada jogo da seguinte forma:

O Goiás subestimou nosso time; o Sport estava em frangalhos e nem tomou conhecimento do Avaí; o Grêmio vinha de uma importante vitória em clássico; e o Atlético-PR não mostrou futebol para fazer frente ao Leão da Ilha.

Claro que o Avaí também fez por merecer as vitórias. Como já escrevi em outros posts, a disposição tática e a garra dos atletas foram fundamentais.

Bom, mas o que eu quero falar é do próximo jogo.

Acredito que o Avaí x Vitória de quinta-feira será o melhor jogo até aqui do Avaí. Falo isso pois o Vitória será o adversáiro mais bem preparado que vamos enfrentar. É bem verdade que eles tem seus desfalques, porém, bem treinado por Carpegiani, estão atualmente na 3a. posição. Além disso, o time baiano tem uma das melhores defesas e um dos melhores ataques da comeptição.

Penso que teremos um jogo franco, de muitas chances para os dois lados e, no final, mais uma grande vitória do Avaí. É esperar, torcer e conferir!

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Jogo objetivo: raça e vitória na fria Curitiba

Atlético-PR 1x3 AVAÍ

Chegamos na Arena da Baixada em cima do jogo. Já tínhamos o ingresso na mão e, por isso, entramos no estádio faltando menos de 10 minutos para o jogo. Até que foi bom, afinal não pegamos as confusões de fila e os atritos com os seguranças.


Como era previsto, o espaço para a nossa torcida estava tomado. Onde cabiam dois, tinham cinco! Todos em pé, espremidos e se protegendo como dava da chuva e do frio de rachar.


Olhando as estatíscicas do site
IGesportes, fica claro que o Avaí jogou o suficiente para vencer. Tivemos a competência de fazer o gol rapidamente e logo depois o segundo. Mesmo assim, o que prevaleceu foi a marcação forte e a proteção à zaga. Tivemos menos de 40% de posse de bola e, se não me engano, essa foi a partida que menos finalizamos: apenas 10 vezes. Porém, a objetividade foi excepcional, fizemos 3 gols e se não fosse as defezas de Galatto seriam mais.

Por outro lado, o Atlético como não conseguia penetrar na nossa área, limitou-se a fazer cruzamentos. Chegaram à impressionante marca de 48 bolas alçadas na área. Com tanta insistência e, diga-se de passagem, após o Avaí abrir 3a0 e dar uma breve relaxada, foi assim que o time rubro-negro chegou ao gol. Jogador livre para cruzar e outro livre para cabecear, Martini nada pode fazer.
Os destaques do Avaí são todos os jogadores da defesa, além de Eltinho, Marquinhos e Willian. Na verdade é difícil, se não impossível, apontar quem não foi bem. Parabéns ao grupo e ao técnico Silas que mantêm os pés no chão e seguem trabalhando jogo a jogo com o objetivo de fugir da zona vermelha.

Merece também todos os elogios a torcida avaiana. Colocar mais de 2.600 torcedores debaixo de chuva e muito frio na Arena da Baixada não é para qualquer clube! Parabéns a todos.


Gostaria de agradecer os amigos Robson, Vanessa, Augusto e Bruna, que assim como a Lu, estiveram comigo durante todo o final de semana. Alô Robson, estais convocado para todos os jogos do Leão fora de casa. És pé quente rapaz!!


Um salve especial também ao amigo Roberto Melo, que me ligou momentos antes do jogo dizendo que ficou com a família mas que estaria ligado nas notícias do jogo. Valeu Beto!


Pra fechar, segue algumas fotos e um vídeo da torcida avaiana. Alguns eu já enviei direto pelo celular, mas como a qualidade é inferior desta forma, segue agora um pouquinho melhor. Para ampliar é só clicar na foto!



domingo, 26 de julho de 2009

Via celular: Pra fechar o dia (no blog)

video
Pra fechar o dia (no blog) e ir para a balada. Hino do Avaí na Arena da Baixada.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Bagagem pronta. Vamos para Curitiba!

Tudo pronto. Agora é descansar, acordar amanhã cedinho e pegar a estrada. Confesso que, assim como o amigo Sandro, eu também nunca venci um jogo fora de casa. Pra falar a verdade, já vi o Avaí ganhar do Guarani de Palhoça lá no Estádio Renato Silveira, mas aí acho que não conta! hehehe

Só que agora eu tenho uma boa desculpa, o motorista com quem eu e a Lu vamos é torcedor do tricolor do estreito e, assim como a sua namorada avaiana, também vai no jogo. Então, caso o Avaí volte sem os três pontos, a culpa é dele!

Bom, falando série agora, meu palpite é de vitória do Leão por 2a0. Vejo o clima no Atlético Paranaense parecido com o do Sport. Estão com muitas crises e o time parece sem foco. Acredito que se o Avaí manter a atenção e a garra dos últimos jogos vence sem problemas.

Quanto à presença da nossa torcida na Arena da Baixada, pelo que li na internet e ouvi nas ruas, a motivação está grande e vamos fazer uma bela festa. Desconfio que teremos perto de 2mil avaianos lá. É esperar pra ver.

Do mais, prometo repetir a cobertura do antes, durante e depois Via Celular (fotos e mensagens curtas). Fiquem ligados.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

[decanhota HD] vídeo com o final do jogo e o show da torcida!

[decanhota HD] vídeo com o show da torcida na entrada do Avaí

[decanhota HD] vídeo do gol de Ferdinando e a festa da torcida!

Silas e mais um exemplo de como comandar um grupo

Como diz a Lu, cada entrevista do Silas após os jogos é uma aula! Ontem não foi diferente. Não vou me alongar muito, quero apenas citar uma passagem que demosntra exatamente como esse cara conhece o grupo que tem e sabe aproveitá-lo. Vamos lá...

Durante a entrevista Silas falou sobre o momento que Ferdinando passa no Avaí e sua importância para o grupo. Simplesmente ele disse o seguinte: "quando não pude levar o Marquinhos, eu tinha que dar a tarja de capitão para o Martini ou para o Ferdinando. Não gosto de goleiro capitão, pois fica longe e não fala muito com os jogadores, mas também eu vi que se eu colocasse o Ferdi como capitão ele poderia crescer (se empolgar) muito e fazer besteira. Então conversei com eles, segurei a vontade do Ferdi e coloquei o Martini como capitão." (tah, as palavras de Silas não foram exatamente essas, mas a mensagem passada sim!)

Parece pouco, mas isso demonstra todo o cuidado que o técnico tem com seus atletas e como ele leva o grupo de uma forma respeitosa e produtiva.

Além disso, se levarmos essa declaração para o jogo de ontem, vamos ver que ela se encaixa perfeitamente. Ferdinando estava fazendo uma grande partida, marcou o gol e, em um momento de empolgação, fez uma falta mais dura no meio do campo e acabou expulso. Após isso os jogadores do Avaí correram muito, macaram e se doaram ao máximo. Ao final do jogo praticamente todas as entrevistas dos jogadores avaianos citavam a importância de Ferdinando e sua garra nos jogos. Sem dúvida, Ferdi é muito importante para o Avaí e isso, pelo menos pra mim, ficou provado ontem!

Defesa forte, vitória do Leão

AVAÍ 1x0 Grêmio

Placar apertado, jogo disputado e emoção até o último lance. A garra e a vontade do grupo do Avaí foram decisivas e o Grêmio nada pode fazer para superar nossos Leões. Mesmo com um a menos por mais de 30 minutos, nossos jogadores foram valentes e honraram a camisa que vestem. Parabéns ao grupo. Parabéns ao Silas que mostrou conhecer os atletas e que soube motivá-los para essa importante partida. E, claro, parabéns à torcida que mais uma vez enfrentou a chuva e o frio e fez a festa nas arquibancadas.

Dos detalhes do jogo, destaco a boa movimentação do primeiro tempo e as poucas chances concretas para os dois lados. O Avaí, mesmo forte defensivamente, buscou mais o ataque e perdeu algumas chances. Assim como nas primeiras rodadas, a falta de pontaria prejudicou. Acho que no primeiro tempo o goleiro deles não fez nenhuma defesa, todos os nossos chutes foram para fora.


Já o segundo tempo começou com o belo gol de Ferdinando. Uma bomba no canto do gol em cobrança de falta frontal. Porém, pouco depois, teve a expulsão do mesmo jogador e complicou bastante pra gente. Acredito que se não fosse isso podíamos ampliar o placar e definir a partida com mais tranquilidade. Mas não foi assim, a partir da expulsão, a raça e vibração dos atletas foram fundamentais e o Avaí se fechou ainda mais. O Grêmio ficou girando a bola, mas não conseguiu sequer chegar perto do gol.


O juíz, ao meu ver, deixou a desejar. Não vi direito o lance da expulsão do Ferdinando, mas acredito que tenha sido correta. Porém, o Grêmio também mereceu ter um ou até dois jogadores expulsos. Além disso, se fosse em situação contrário, duvido que ele daria 5 minutos de acréscimo!


O certo é que conquistamos a quarta vitória na série A e estamos mais do que nunca na briga. Agora, como foi falado nas entrevistas, é manter os pés no chão e seguir nessa linha ascendente. Temos muito chão pela frente e outras grandes vitórias para comemorar.

___________________________________________________
Foto: Portal Abril.com / Mafalda Press / Gazeta Press

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Via celular: toca do Leao abarrotada.

Via celular: toca do Leao abarrotada.

Via celular: falta 1h para o jogo. A mov

Via celular: falta 1h para o jogo. A movimentacao externa é grande.

Média de público em 6 jogos na Ressacada

Dando sequência ao acompanhamento da presença de público nos jogos do Avaí na Ressacada, segue abaixo a relação de público pagante e total de cada jogo já realizado, assim como as suas médias.
Fica claro que a fase anterior ruim e as péssimas condições climáticas do jogo contra o Botafogo prejudicaram a média. Com a possibilidade de casa cheia hoje, devemos atingir a média de público pagante perto dos 11,6mil
* e de público total beirando os 13mil*. Isso em um cenário realista, se formos para o otimista seria ainda mais.

*CORRIGINDO (23/07): ao contrário do que parecia, minha matemática não é tão boa. Errei ao fazer a estimativa de média. O que aconteceu foi que na projeção esqueci de aumentar o número de jogos para sete. Aí, claro, a média aumento de forma desproporcional. Antes do próximo jogo em casa trago os números reais. Antecipo que estamos com a média de 9.875 pagantes e 10.766 total.

O que eu espero do AVAÍ x Grêmio de logo mais?

Bom, pra início de conversa espero muita confusão no trânsito. Não só pelo horário pra lá de desagradável, mas também pelo grande número de torcedores do time visitante que moram por aqui e não costumam ir à Ressacada. É mais um monte de gente que provavelmente irá de carro e não tem as manhas da tradicional bicha para o sul da Ilha.

Eu estou me planejando para sair às 16h30. Se você ainda não pensou a respeito, olhar os horários de liberação de pista é um bom começo:

Sentido CENTRO - RESSACADA
17h10 às 17h30
17h50 às 18h10
18h30 às 18h50
19h10 às 19h30

Sentido RESSACADA - CENTRO
21h30 às 21h50
22h05 às 22h25
23h20 às 23h50

A partir daí, em volta da Ressacada eu espero um clima bem quente entre as torcidas. Por mais que a maioria pregue o bom convívio, sempre tem aquela meia dúzia de abobados. Para conter isso, espero que a nossa polícia esteja atenta e verdadeiramente onipresente. Ações de prevenção em espetáculos dessa grandeza são fundamentais. Uma informação que não li ou escutei foi a quantidade de policiais que trabalharão no jogo. Espero que seja um número semelhante ao do nosso clássico, mais de 300 homens.

Do jogo, tudo indica que teremos um confronto de muita pegada e fortes emoções. Tirando a parte técnica, penso que o Avaí tem que jogar com a mesma vontade da final do Catarinense. Lembra como o Marquinhos jogou? Estava machucado e, mesmo assim, acabou com a partida! Não sei se ele vai jogar hoje, mas fica aí o exemplo para todos do grupo.

Da parte técnica, vejo que o Grêmio é superior e, por isso, favorito. Mas estou confiante nas estratégias do Silas e sei que se ganharmos na vontade temos chances de sair vitoriosos.

Pra fechar, é o típico jogo onde meio a zero é goleada. Estou confiante em uma vitória, mas sei que qualquer resultado será normal. Que chegue logo a hora do jogo para podermos torcer e vibrar pelo Leão da Ilha na Ressacada!

terça-feira, 21 de julho de 2009

Torcidas do Brasil, na Ressacada é com harmonia que se torce pelo futebol!

Bolão Elite Azul e Branca, só eu acertei o placar do último jogo!

Estava conferindo os resultados do Bolão Elite Azul e Branca e constatei que entre os 100 primeiros classificados apenas um acertou em cheio o placar do último jogo do Avaí. E fui eu! hehehe Aí fui obrigado a abrir esse post especial e tirar um sarro dos amigos que ficaram pra trás. Só pra ter ideia, iniciei a última rodada perto da 80a. posição. Agora estou em 23o. O negócio é manter a pequena diferença para o líder e dar o bote na reta final!

Como criar clima negativo em um espetáculo esportivo - a irresponsabilidade de um formador de opinião

O título desse post mais parece o de uma tese de doutorada. Na verdade não é, mas se alguém quiser, o tema (irresponsabilidade no jornalismo esportivo) e a delimitação (blog do jornalista Marcos Castiel) estão aí.

No domingo o Avaí venceu a segunda partida seguida na série A e finalmente saiu da zona de rebaixamento. Por outro lado, o Grêmio venceu o clássico estadual. Apenas por isso o jogo dessa quarta-feira já estaria pra lá de motivado. Só que tem mais, a grande colônia gaúcha que adotou Florianópolis e Santa Catarina para morar e a rivalidade histórica entre os Estados vizinhos também ajudam a apimentar a partida.

Para o mundo todo esses fatores já seriam suficientes para um jogo motivadíssimo e de grande preocupação quanto à segurança. Porém, do nada, apareceu um formador de opinião altamente irresponsável que, em apenas um post no seu blog, escreveu uma série de babozeiras e tocou fogo nas duas torcidas. O nome do cidadão é Marcos Castiel e as sandices que ele escreveu podem ser conferidas aqui.

De imediato o referido blog atingiu alto índice de comentários, talvez o recorde pessoal. O problema é avaliar o conteúdo das opiniões e constatar que a grande maioria reflete uma agressividade exacerbada e, via de regra, incitam a violência. Pior ainda, esse tipo de reação já saiu do blog do Castiel e atingiu outros ambientes como Orkut e até as conversas de amigos na rua.
Acredito que esse tipo de jornalismo (irresponsável e que visa a polêmica) não cabe na promoção de eventos esportivos. Torço para que nada aconteça, mas caso alguma ocorrência mais grave seja registrada temo que o estopim tenha sido esse infeliz comentário.

Para fechar, não gostaria de estar na sala se ocorresse uma conversinha entre o jornalista em questão e o Tenente Coronel Newton Ramlow.
________________________________
Imagem: reprodução do Orkut

Memorial dos Atletas - o primeiro passo para um grande espaço


Como todos sabem, ontem foi inaugurado pelo Avaí Futebol Clube e pelo Instituto Avaí de Responsabilidade Social o Memorial dos Atletas - Adolfinho. O espaço é destinado ao resgate dos jogadores que vestiram e honraram a camisa do Avaí desde o ano de 1923 até os dias atuais, além dos mais de 50 títulos conquistados e passagens importantes da memória avaiana.

É certo que aquela modesta sala não comporta nem um décimo das glórias do Leão da Ilha, mas, sem dúvida, já é um excelente começo. Vale a pena visitar o espaço e se deliciar com o conteúdo. Inúmeras fotos, documentos, histórias e troféus que são o estopim para a memória de quem bate os olhos.

Para 2010 o planejamento é ampliar o espaço e criar o Memorial do Avaí Futebol Clube. Para isso, é importantíssimo a participação de familiares de ex-atletas e de torcedores que guardam em seus acervos algum artigo relacionado ao Avaí.

Até então muitas pessoas não procuravam o clube pois
tinham medo do material se perder ou do clube não preservá-lo da forma adequada. Agora, quem visita o Memorial dos Atletas - Adolfinho pode constatar que isso não tem mais como acontecer. Então, fica aqui o apelo, caso você tenha qualquer material que conte a história do Avaí, procure o Clube e ajude a preservar e difundir a nossas conquistas.

O Memorial dos Atletas do Avaí - Adolfinho fica aberto à visitação de segunda a sexta, sempre das 14h às 18h. Em dias de jogos não funcionará!


segunda-feira, 20 de julho de 2009

Dois cliches que caíram

As duas vitórias seguidas do Avaí longe de casa derrubaram dois argumentos que estavam na ponta da linga de alguns comentaristas esportivos.

O primeiro é o clássico "passou a ponte e não ganha de ninguém" que sequer merece maiores comentários.

Já o segundo é mais sutil, mas estava sendo preparado para vir forte contra o Avaí. Trata-se da crítica infundada contra o planejamento de voo da comitiva avaiana na última semana. Pra quem não sabe, o Avaí foi a Goiania, voltou para Florianópolis e cerca de 24h depois entrou novamente em um avião com destino ao Recife.

Bom, normalmente o óbvio seria ir direto de Goiania para Recife, porém, quem ficou atento nas notícias do Leão soube que a escolha feita era a melhor opção. Isso porque indo direto não teria como fazer treinos pois ficaria muito mais tempo esperando dentro de aeroportos.

O Sandro foi um dos primeiros a comentar sobre isso. Primeiro ele também criticou, mas assim que soube os motivos fez o mea culpa e referendou o planejamento avaiano.

O detalhe é que, mesmo após as justificativas oficiais do Avaí alguns comentarias esportivos continuaram criticando as idas e vindas da delegação. Se fizeram de desentendidos para poder malhar o judas depois. Caíram do cavalo! Será que agora algum deles vai elogiar o trabalho bem feito?!

domingo, 19 de julho de 2009

Vitória maiúscula do Leão que quis mais

Sport 1x3 AVAÍ

Sem querer ser do contra, mas credito a vitória de hoje muito mais ao adversário do que ao Avaí. Calma, vou explicar. O esquema de jogo implantado pelo Silas e executado pelos jogadores foi importantíssimo. O futebol apresentando por Caio, Roberto, Muriqui e os demais também. Porém, vejo que o diferencial foi a vontade de ganhar do nosso grupo e a visível apatia dos adversários.

Como escrevi antes do jogo, o time do Recife vem ladeira abaixo e com muitos focos de crise. Tudo isso foi encoberto por discursos vazios e pela esperança da vitória certa contra o que eles achavam ser o primeiro rebaixado da competição. Esse clima no Sport ficou claro com a expulsão de dois atletas no final do jogo, com os protestos da torcida e com a indiferença do técnico Émerson Leão.

Mesmo assim, méritos para Silas que soube aproveitar a oportunidade e para os atletas que mais uma vez se dedicaram e foram recompensados com a vitória.

Da partida, a leitura que faço é que dominamos do início ao fim. No primeiro tempo eles sairam na frente, mas logo em seguida empatamos. O Avaí foi mais defensivo e saiu pouco. As investidas do Sport não levaram perigo e o jogo ficou sob controle. Na segunda etapa só deu Avaí. Roberto e Caio entraram e simplismente decidiram o jogo. Com 3a1 no placar Silas orientou o time para tocar a bola. Aí foi só aguardar o apito final e festejar a vitória.

A maratona segue e já na quarta-feira temos jogo na Ressacada. Que venha o Grêmio! O jogo será às 19h30 e a promessa é de casa cheia para mais um grande jogo dessa série A!
_________________________________________________
Foto: portal Terra / W; Correia Neto / Futura Press

Dia Nacional do Futebol

Hoje, 19 de julho, é comemorado o Dia do Futebol. A origem da data é a fundação do primeiro clube exclusivamente de futebol do Brasil: o Sport Club Rio Grande. Para não causar confusão, esse Sport em questão não tem nada a ver como o nosso adversário de logo mais. Trata-se de um time gaúcho fundado no ano de 1900.

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Duelo de Leões ao vivo para todo o Brasil pelo Sportv

Domingo o Avaí encara o Sport Recife fechando a 12a rodada do Brasileirão. O jogo terá transmissão para todo o Brasil (exceto Recife) pelo canal Sportv.

Pra quem não sabe, o Sport também é conhecido como o Leão da Ilha (do Retiro) e, além disso, o seu técnico é o polêmico Émerson Leão.

Pra mim o Sport é um dos adversários diretos que temos. Eles tiveram um primeiro semestre muito bom, porém, com a eliminação da Libertadores a coisa desandou. Mudaram o técnico, alguns jogadores foram embora e a motivação da torcoda já não é a mesmo.

Pra piorar (pra eles, claro) ontem o técnico Émerson Leão falou demais e está recebendo uma enxurrada de críticar. Além disso, três jogadores terão que cumprir suspenção por cartões: Vandinho, Guto e Hamilton.

O certo é que, assim como foi contra o Goiás, lá em Recife ninguém admite perder para o Avaí. Devem estar achando que vão lavar a alma e reabilitar-se no campeonato. É um bom jogo para o Avaí rugir mais alto e beliscar uns pontinhos.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Há 20 anos, Brasil reconquistou a Copa América

Em 16 de julho de 1989 o Brasil quebrou um jejum de 40 anos sem conquistar o título da Copa América. A disputa aconteceu no Brasil e a grande final foi no Maracanã diante do temido Uruguai* com uma platéia mostruosa de quase 133mil pagantes.

* no mesmo 16 de julho, só que de 1950,
o Uruguai derrotou o Brasil na final da
Copa do Mundo também no Maracanã.


Entre outros atletas que marcaram a história com a seleção canarinho, despontaram Bebeto (artilheiro com 6 gols), Romário (gol do título), Dunga, Branco, Taffarel, Valdo e... Silas.

Sim, nosso atual técnico atuou em 4 das sete partidas daquela competição. Na época, o meia era jogador do Sporitng Lisboa de Portugal e, mesmo jovem, era um dos mais experientes da Seleção.

A dica deste post foi dada por e-mail pelo leitor Marcos Augusto Galego. Assim como eu, ele assistiu no último final de semana ao programa 'Gol a Gol', apresentado pelo Léo Batista no canal Sportv. O programa foi especial sobre a conquista da Seleção e entre as imagens um cruzamento de Silas para gol de Bebeto nos chamou a atenção. Não encontrei no portal Globo.com o vídeo do programa (acho que ainda não disponibilizaram), mas vale a pena aguardar para rever.

Quem quiser mais informações e curiosidades sobre a campanha do Brasil na Copa América de 1989, indico a página especial do site da CBF. Muitas fotos e informações interessantes.

Jamais estarás só (por Gentil Neto)

A foto é do jogo de ontem e, assim como a mensagem que segue, está publicada na comunidade do Avaí no Orkut.

O autor da mensagem é o meu amigo Gentil Neto. Já viajamos juntos para assistir alguns jogos e compartilho o mesmo sentimento dele.

Vejam o que ele escreveu:


Queria aqui deixar minha homenagem aos guerreiros avaianos (parece que saiu 1 onibus daqui de floripa) que foram assistir e apoiar o clube em Goiania. A gente que costuma viajar acompanhando esse clube fora de casa sabe da dificuldade e do sofrimento que é, muitas vezes marcamos presença por esse Brasil a fora e não é nem citado na imprensa, em nenhum lugar. Essa faixa em especial me deixou um tanto emocionado, pois me identifiquei, passa um filme principalmente pra quem como eu também esteve no Maracanã, Beira-rio, Mineirão, onde o time não correspondeu.

Parabéns Guerreiros, que esse seja o inicio da nossa jornada de vitórias na Série A.

Valeu!!


Libertadores 2010, uma vaga é nossa!

Goiás 0x2 AVAÍ

Calma pessoal, o título é apenas uma brincadeira para chamar a atenção. Você acha que é fácil ser um dos últimos (se não o último) a escrever sobre um jogo? hehehe Agora, só uma coisa, se bobearem o Avaí chega, hein!?

Falando sobre a grande vitória, confesso que não consegui assistir a partida como gostaria. A TV estava ligada bem na minha frente, mas uma reunião de trabalho foi mais importante.

Pelo que pude observar, o Avaí jogou como todos nós queríamos. Mostrou garra e muita vontade de vencer. Com mais proteção à zaga, jogamos no erro do adversário e nossos contra-ataques foram mortais. A sensação que tive foi que, tanto no primeiro como no segundo tempo, o Avaí levou muito mais perigo do que o Goiás. Os gols foram consequência do esquema de jogo adotado e o grande prêmio pela dedicação e entrega dos jogadores.

Não tenho medo de dizer que essa vitória foi a mais importante do ano até aqui. Digo isso pois ela não nos dá apenas três pontos na tabela, mas também marca a virada de postura do Avaí. Além disso, dá tranquilidade (pelo menos um pouco) para o grupo e o técnico na sequência da série A. Não quer dizer que está tudo uma maravilha, pelo contrário, mas meu sentimento é de muito mais confiança agora.

Que chegue logo domingo e a gente possa torcer e vibrar novamente com o Avaí diante do Sport Recife.
_____________________________________________
Foto: Portal Terra / Carlos Costa / Futura Press

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Como vencer o Goiás?

Eu, sinceramente, não sei. Confesso que não estudei nem um pouco a forma como eles jogam, tampouco analisei o plantel ou as principais jogadas deles. Tenho certeza que Silas fez isso, mas de nada adiantará as suas instruções se os atletas que estiverem em campo não mostrarem garra e vontade de ganhar.

Como escrevi no início, não sei como vencer o Goiás, mas sei que se tivermos mais disposição e gana de vitórias do que o time verde é meio caminho andado.


Vamos, vamos, Avaí! A torcida está louca para ver uma grande partida de futebol e vibrar com a segunda vitória nessa série A.

Baixinho enquadrado

Segundo o noticiário esportivo especializado em fofocas, Romário está preso por suspeita (sic) de não pagar a pensão alimentícia referente aos seus dois primeiros filhos. Mais detalhes no site Globo.com.

Na verdade, aproveito a notícia espetaculoso para publicar as fotos de meu acervo. O evento aconteceu em 1o. de abril de 96, mas eu juro que é verdade! Na oportunidade o baixinho veio a Florianópolis para a inauguração de uma escolinha de futebol do Agnaldo. Eu e meu amigo Nikolas fizemos uma verdadeira peregrinação até encontrá-lo. Depois de rodar uns 3 hotéis e mais alguns lugares onde o artilheiro poderia estar, fomos encontrá-lo no trapiche das escunas embaixo da ponte. Nunca vi sair tanta gente de uma só escuna!



terça-feira, 14 de julho de 2009

DNAzul - novo blog da Kátia

Já está no ar o novo blog da Kátia de Paula, o DNAzul. O visual está show de bola e o conteúdo continua de altíssima qualidade. Para conferir é só clicar aqui!

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Ficou fácil ganhar do Avaí na Ressacada?

AVAÍ 1x2 Botafogo

Em 6 jogos na Ressacada, ganhamos apenas 1, empatamos 3 e perdemos 2. No último sábado, diante do Botafogo, o Avaí mostrou-se desentrosado e muito instável. Parece que os jogadores não se conhecem o suficiente para fazer jogadas básicas e, claramente, estão sem confiança para arriscar individualmente.

O primeiro tempo foi algo surreal, beirando o ridículo. O vento sul soprando forte, como muitas vezes já vimos, e o time do Avaí dando balão pra cima! Custa muito alguém abrir na quina da área e sair jogando com a bola no chão?

No segundo tempo o time melhorou um pouco, mas em nenhum momento teve o domínio absoluto do jogo. A verdade é que damos muito espaço para o adversário jogar e não conseguimos contra-atacar com velocidade.

O Botafogo fez exatamente o que os outros adversários já fizeram contra a gente, marcaram em cima e ganharam praticamente todas no meio de campo. Aí, sem pegada forte, só resta ao Avaí correr atrás da bola e assistir o adversário jogar.

Incrivelmente, outra vez produzimos mais jogadas do que o adversário, porém, novamente faltou precisão na finalização. Roberto entrou muito bem no time e desconfio que pode fazer uma grande dupla com Luiz Ricardo ou Willian já na quarta-feira, quando enfrentaremos o Goiás.

O grande problema para Silas no próximo jogo está na zaga. Émersom e Anderson Luis receberam o terceiro cartão e estão suspensos. Com Turatto se recuperando de cirurgia, temos à disposição Rafael, Augusto e Juninho.

Nada está decidido. É hora de trabalhar duro e recuperar o tempo perdido.
________________________________
Estatísticas: portal IGesportes
Foto: clicRBS / Ricardo Duarte

sábado, 11 de julho de 2009

Chuva, vento e muito frio. Falta 1h15 pa

Chuva, vento e muito frio. Falta 1h15 para o jogo.

Saudade do Paulo Brito?!

Essa semana lembrei do jornalista e comentarista esportivo Paulo Brito. Não sei se é saudade dos seus comentários contraditórios ou apenas a constatação de uma verdade que ouvi dele inúmeras vezes.

De férias da rádio CBN/Diário, desconheço a sua opinião sobre o atual momento do Avaí, mas lembro que antigamente ele costumava citar uma frase do Michael Jordan* que dizia mais ou menos assim: "se for para escutar a torcida, é melhor ir para a arquibancada e assistir à partida."
*

Essa filosofia se encaixa perfeitamente com o momento vivido pelo Avaí e, principalmente, pelo técnico Silas.

Assim como muitos torcedores, não concordo com a manutenção do esquema 4-4-2 que, segundo as notícias, será repetido no jogo de hoje. Porém, ninguém melhor do que Silas conhece o grupo do Avaí. Ele está lá para colocar em campo o que o Avaí tem de melhor, independente de torcida, imprensa ou dirigente.

Torço para que Silas esteja certo e que logo mais o Avaí vença o Botafogo. Meio a zero é goleada e, faça chuva ou faça sol, estarei lá, na arquibancada, torcendo e vibrando com o Leão da Ilha.

* ATUALIZANDO: O amigo Rogério Cavallazzi informa que na verdade a frase é do técnico Phil Jacson (multi campeão da NBA) e a transcrição exata é a seguinte: "Aquele (técnico) que escutar a torcida, acaba um dia sentando nas arquibancas."
_____________________________
Foto: das internet


12.07.2008

Era dia de jogo do Avaí. Não lembro o adversário, muito menos o placar do jogo. O que marcou em minha memória não foi isso. Como nosso time jogava fora de casa, eu e a Lu estávamos no shopping para assistir ao jogo. Lá pelas tantas o meu celular tocou, era meu irmão, e com minha mudança repentina logo a Lu perguntou o que havia acontecido. A resposta veio seca: Seu Tullo, Seu Tullo Cavallazzi faleceu.

Amanhã completa um ano dessa despedida repentina e a onda azul e branca, iniciada pelo eterno maestro, já faz várias homenagens. Vale a pena dar uma surfada nos blogs avaianos e constatar que o legado deixado por esse verdadeiro Leão Avaiano ganha força a cada dia.

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Ídolo Zenon visitou o Avaí

Em 12 de outubro do ano passado dediquei algumas palavras aqui no blog ao Zenon. Entre viagens e devaneios, lá pelas tantas soltei a seguinte pérola: "... ídolos não se constroem. Eles surgem da paixão verdadeira pelo time e da história de garra e vibração que mantém com o clube." (ver post aqui, vale à pena!)

Na ocasião fui motivado por uma entrevista que o ex-atleta avaiano e da Seleção brasileira havia dado ao site LanceNet dizendo-se torcedor do Avaí e muito contente com a provável conquista do acesso.

Pois bem, agora o exemplo do ídolo se repete. Ontem o autor do primeiro gol do Avaí na elite do futebol nacional visitou a Ressacada. Bateu papo com dirigentes, conversou com a comissão técnica e passou muita energia e vibração para os jogadores. Além disso, fez um tour pela remodelada Ressacada e recebeu o privilégio de dar uma espiadinha no quase concluído Memorial do Avaí.

Sem dúvidas, Zenon é avaiano e um ídolo de verdade!

Mais fotos e detalhes sobre a visita de Zenon ao Avaí você encontra no blog oficial do Avaí. Vale à pena conferir!


quarta-feira, 8 de julho de 2009

Média de público e maratona de jogos

O Avaí já fez 5 partidas em casa pela série A. Mesmo com resultados não satisfatórios, a média de público tem crescido a cada rodada.

Veja no quadro o público pagante e total de cada partida e as médias até o momento:

O detalhe é que até o momento o Avaí jogou duas vezes por mês na Ressacada. A partir de julho a maratona de jogos no final e meio de semana inicia e os jogos na Ressacada aumentam.

Para ter ideia, neste mês o Avaí já recebeu o Palmeiras e ainda receberá o Botafogo (11/07), Grêmio (22/07) e Vitória (30/07). Totalizando 4 jogos em um mês. Em agostos serão mais 3: Santo André (05/08), Náutico (15/08) e Flamengo (23/08).

Para quem não é sócio, vale à pena
clicar aqui e fazer as contas.

terça-feira, 7 de julho de 2009

Esse vale à pena assistir

A partir da próxima quinta-feira o jornalista Fabiano Linhares comandará um programa semanal sobre os principais personagens do nosso esporte. Cada semana um destaque, sempre com o resgates de histórias marcantes e imagens de arquivo.

O primeiro personagem será o eterno craque avaiano Adilson Heleno. Sem dúvida, vale à pena anotar na agenda e aguardar essa estreia.

O nome do programa é 'Marcou no Esporte' e será exibido toda quinta-feira às 20h no canal Tvcom. Quem não puder acompanhar nesse horário terá mais duas chances: aos sábados às 19h30 e aos domingos 20h30.

Para dar um gostinho, segue uma página de jornal de 1988 onde o destaque é o Adilson Heleno. Clica na imagem que o texto fica legível!

As coerências de Silas

Havia assumido o compromisso de falar das incoerências e convicções da imprensa com os assuntos do Avaí. Porém, a correria desse início de semana e as inúmeras (e excelentes) opiniões emitidas nos demais blogs acabaram neutralizando as minhas ideias.

Mesmo assim, vou expor um pouco do que penso. Vamos lá:

Nas últimas semanas o técnico Silas começou a ser tachado de teimoso ou, de uma forma diferente, cheio de convicções (em tom pejorativo, claro). Isso seguiu por dias, até a entrevista coletiva após o jogo do último domingo. Na ocasião o técnico foi questionado se suas ações se baseavam em teimosia ou convicções. A resposta não poderia ser outra: "Não é convicção, nem teimosia. É coerência!"

É um pouco difícil entender isso, mas vou tentar me colocar na posição do técnico e avaliar a situação. Não quer dizer que concordo, estou apenas tentando entender e explicar para vocês.

Na coerência do Silas o melhor esquema tático para jogar a série A é o 4-4-2. Desde o ano passado ele vem preparando a equipe para atuar dessa forma no Brasileirão. E, se analisarmos as primeiras rodadas, o Avaí vinha jogando bem, faltando apenas ajustar as finalizações. Isso garantia a continuidade do esquema, ou seja, não era coerente mexer no time.

Aliado a isso, as críticas tanto por parte dos comentaristas como por torcedores são basicamente pedindo a saída de um jogador para a entrada de outro. Por exemplo, colocar Medina no lugar de Ferdinando; tirar Marcus Winícius e experimentar Bruno ou Xaves; deixar Marquinhos no banco; ou ainda sacar Lima e colocar Willian ou Cristian.

O problema é que essas alterações não são compatíveis com o esquema 4-4-2. Ou seja, não adianta ficar insistindo em querer mudar algumas peças sem mudar o esquema de jogo!

Outra crítica feita nos últimos dias pede a escalação de jogadores oriundos da base do Avaí. Nesse caso a coerência do Silas aponta para a preferência por jogadores experiêntes e rodados. Dificilmente Silas irá encher o time de jogadores jovens, ainda mais em uma fase difícil.

O resumo disso é que não sou contra as críticas, mas penso que elas devem ser mais embasadas, principalmente quando é feita por alguém da imprensa.

Quanto ao esquema de jogo, há 9 dias comentei o seguinte: "Até agora defendi a manutenção do time e o trabalho árduo para corrigir as falhas, mas não dá mais. Sugiro a mudança de esquema para o 3-6-1 e uma nova postura do time."

Nada está perdido, Leão! Vamos agir e reencontrar o caminho das vitórias.

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Somos pequenos

AVAÍ 0x3 Arbitragem

Primeiramente, parabéns ao Palmeiras pela vitória. Jogou bem, marcando em cima todos os nossos atletas e, como seu próprio técnico afirmou, explorando ao máximo a juventude e inexperiência do time avaiano.

Acredito que a melhor forma de combater arbitragem tendenciosa é ignorando e jogando muita bola. Mas diante do que vi ontem na Ressacada, é impossível ficar calado. O Sr. Evandro Rogério Roman foi mais que irritante, deixou claro que estava mal intensionado.

Não vi o replay do lance de penalti no Uendel, mas acho que houve contato faltoso fora da área e depois dentro. Até onde sei a regra diz que a falta deve ser marcada onde termina o contato, ou seja, no caso foi penalti!

Além disso, critérios diferentes para as duas equipes e a falta de cartão para alguns jogadores do Palmeiras (o número 7, por exemplo) que ficaram o jogo inteiro parando nossos contra-ataques, também demonstram o tipo de arbitragem que tivemos.

Sobre o futebol do Avaí, foi o pior apresentado em casa nessa série A. Acho que deu de jogar no 4-4-2. Mesmo produzindo algumas jogadas e mostrando bom futebol, acredito que primeiro temos que pensar em não levar gol.

O certo é que a semana será cheia e as incoerências e convicções da imprensa especializada serão gritantes. No fim do dia prometo falar mais sobre o assunto.
___________________________________
Foto: ClicRBS / Flávio Neves